05/05/2020 às 08h18min - Atualizada em 05/05/2020 às 08h18min

Polícia divulga circunstância da morte em cela do morador de Campo Erê

Larissa Dias - Sentinela
Com informações do portal Pato Branco Alerta
Em matéria publicada pelo repórter Altair Merlo do portal Pato Branco Alerta, o jovem de 21 anos identificado por Lucas Eduardo de Almeida, havia sido preso na madrugada de sábado, 2, no Bairro Bonato acusado de tentativa de estupro. Segundo informações o mesmo tentou forçar uma adolescente de 16 anos a manter relações sexuais com ele. Ela fugiu porém foi alcançada e arrastada pelo elemento até a residência do mesmo.

Os vizinhos ouviram os pedidos de socorro da adolescente e acionaram a PM, no local os solicitantes indicaram a residência para a equipe policial, onde foi ouvido os gritos da vítima. Quando a PM adentrou na residência Lucas correu para outro cômodo e a vítima foi em direção aos policias, relatando que havia sido agredida e que o mesmo teria tentado lhe estuprar.
Lucas tentou empreender fuga usando força física contra os policiais, porém foi contido e preso por, resistência, desacato, lesão corporal e tentativa de estupro. Na sequência foi encaminhado à 5° SDP para mais providências cabíveis ao fato, e posteriormente entregue a cadeia pública de Pato Branco.

Na manhã deste domingo, 3, por volta das 06h30 agentes do Depen foram informados pelos presos que Lucas havia sido morto no X2 da Galeria B. Após a chegada da criminalística adentraram na galeria e encontraram já sem vida com rigidez cadavérica parcial. Lucas estava pendurado pelo pescoço com uma corda improvisada de lençol.
No X2 vivem atualmente 20 presos, e na galeria B atualmente tem 95 presos.
Na sequência um preso do X1 se apresentou como sendo o autor do homicídio, falou que teria brigado com Lucas e teria dado um mata leão no mesmo.
O corpo foi recolhido ao IML de Pato Branco e liberado na manhã desta segunda-feira, 4, para o funeral.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »