18/08/2020 às 10h52min - Atualizada em 18/08/2020 às 10h52min

Brechó da Sofia arrecada mais de R$ 11 mil

Na primeira quinzena deste mês, foi realizado o Amebrechó, em Anchieta, em prol da pequena Sofia Helena. O evento contou com muitas pessoas e teve um ótimo retorno

Na primeira quinzena deste mês, foi realizado o Amebrechó em Anchieta, em prol da pequena Sofia Helena, de nove meses, natural de Saudades; que em março deste ano foi diagnosticada com Atrofia Muscular Espinhal (AME). O tratamento custará R$ 9 milhões e a pequena precisa fazer até seus dois anos de idade. A campanha está rodando o Estado e muitos estão se mobilizando, seja por campanhas online, brechós, doações ou rifas. Em Anchieta, foram arrecadados R$ R$ 11.325,00.
Segundo ressalta a anchietense e funcionária da Lotérica Ninha, Giana Eschembach, o evento aconteceu no Centro dos Idosos e contou com a participação de muitas pessoas, entre elas, os 23 organizadores. “O brechó teve muita participação. A ideia era de abrir às 14h30, mas era 13h45 já tínhamos aberto, porque tinha muita fila. Tivemos que tomar os cuidados necessários por conta do Covid-19, e com isso, a fila duplicou. Em nenhum momento o local estava vazio e tivemos muitas vendas. Foi emocionante”, esclarece. “Foram vendidas roupas, calçados e outros produtos arrecadados por meio de doações, como livros e acessórios. Os valores foram de R$ 1 a R$ 15”, relembra.
 
Amebrechó
“Além do brechó, tínhamos a lojinha da Sofia, com itens dela, e também a latinha do troco solidário. Tivemos muitas roupas femininas, e foram as que mais sobraram, por isso, vamos levar a outros brechós que terão na região ou até mesmo, fazer um feirão. Mas ainda não temos nada fechado, é apenas uma possibilidade. Estávamos em mais o menos 23 pessoas na organização e dividimos os trabalhos. Tenho muita gratidão a todos que aceitaram a minha ideia e me ajudaram, sem eles não conseguiria realizar, porque dá muito trabalho”, acrescenta. “Tínhamos também uma sessão especial, com peças que foram doadas para o brechó, mas que estavam em situações ótimos e valiam um pouco mais, como panelas, torradeiras, batedeiras e outros produtos. Além disso, teve uma loja da cidade que doou calçados novos”, finaliza complementando que o evento foi um sucesso.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »