29/10/2020 às 10h08min - Atualizada em 29/10/2020 às 10h08min

Chuva não ameniza seca que atinge região

O pouco de chuva que registramos nesta semana não chegou nem perto de amenizar a estiagem

Larissa Dias
Da redação
Ainda nesta semana, o município de Palma Sola e tantos outros na região comemoraram a chegada da chuva. Infelizmente, ela não chegou nem perto de amenizar a estiagem que predomina no Oeste de Santa Catarina. O Sul está presenciando o período La Niña, que interfere nas condições climáticas do planeta e por conta disso, as massas de ar seco são liberadas e atuam com maior frequência.
Conforme dados registrados pela Defesa Civil Estadual, as maiores chuvas acumuladas foram registradas em Itapiranga (31 mm), São Miguel do Oeste (19 mm), Mondaí (13 mm), Maravilha (13 mm), Anchieta (10 mm) e Ponte Serrada (10 mm). Segundo boletim divulgado pela Epagri, dos 38 rios monitorados pelo órgão em Santa Catarina, 22 estão com seus volumes afetados. Entre os atingidos, 12 são considerados em situação de emergência, sete de alerta e três em estado de atenção.
A falta de chuvas e a diminuição nos volumes dos rios estão trazendo prejuízos para o abastecimento da população. Segundo o governo do Estado, 106 municípios estão com dificuldades de abastecimento. Nas regiões Meio-Oeste e Oeste, algumas cidades já estão utilizando caminhões pipa para garantir o acesso a água. Além do consumo humano, a estiagem também tem causado preocupação na agricultura. Segundo a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de SC (Faesc), a falta de chuvas está atrasando o plantio do milho e acarretado na má germinação das lavouras já semeadas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »