20/01/2021 às 08h49min - Atualizada em 20/01/2021 às 08h49min

Vigilância de São José do Cedro alerta exigências para renovação do alvará

O objetivo é agilizar os trâmites visando a renovação do alvará, pois, são centenas de estabelecimentos vistoriados

Da assessoria de imprensa
Ainda na semana passada, os fiscais da vigilância sanitária de São José do Cedro, Marlon Kasper, Marisa Boniatti e Marcos Bagnara, estiveram reunidos com o prefeito João Luiz de Andrade e com o secretário de Administração e Fazenda, Edimilson Dalmagro. O encontro foi realizado no gabinete do prefeito e tratou sobre as renovações dos alvarás que acontecem até o último dia útil de março. Os fiscais lembram que todos os anos são feitas vistorias para que o documento seja renovado e possibilite à empresa a funcionar dentro da legalidade.
Conforme eles, cada ramo tem uma exigência específica, no entanto, há regras que precisam ser seguidas por todos. São exigidas como a dedetização, a limpeza dos ar condicionados e, no ramo de alimentos, as carteira de saúde para quem faz a manipulação. Já na área da saúde, como nos consultórios médicos, dentários, de fisioterapia, clínicas de estética e salões de beleza, são cobrados os comprovantes de esquema vacinal. O documento é fornecido pelo setor de vacinas da unidade de saúde. Os profissionais devem ter o comprovante do registro de conselho regional da classe o qual pertencem atualizado.
Os profissionais esclarecem que o requerimento de vistoria tem que ser no setor da vigilância sanitária junto a prefeitura municipal, ou mediante autodeclaração, on-line, através da plataforma Fly, no site da prefeitura. A autodeclaração é obrigatório para solicitações on-line. A orientação é que os documentos necessários estejam em mãos para evitar infrações sanitárias para quem tiver pendência. O objetivo é também agilizar os trâmites visando a renovação do alvará de funcionamento, pois, são centenas de estabelecimentos vistoriados no município.
O prefeito destaca que a intenção é orientar os empresários evitando multas ou atrasos. Ele lembra que o trabalho visa garantir a saúde da população e o bom funcionamento das empresas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »