12/05/2021 às 17h49min - Atualizada em 12/05/2021 às 17h49min

193 de Campo Erê cai em Xanxerê

Agora todas as ligações do 193 são encaminhadas para Xanxerê, onde telefonistas capacitados repassam as informações aos quartéis do 14º batalhão

Da redação
Sofia S. Bertolin: O Corpo de Bombeiros de Campo Erê conta com 55 bombeiros comunitários e militares, antes da centralização os bombeiros comunitários atendiam as chamadas do 193 no município.
Agora as ligações para o Corpo de Bombeiros de Campo Erê vão direto para Xanxerê, onde um grupo menor de pessoas irá atender as chamadas do 14º batalhão, abrangendo chamadas de 30 municípios. Posteriormente as chamadas do Oeste catarinense ficarão ainda mais centralizadas, no município de Chapecó.
Quartéis pequenos como o de Campo Erê se beneficia muito da centralização pois podem mobilizar toda a guarnição para atendimento de ocorrências, sem a necessidade de deixar alguém para trás somente para atender o telefone. Atualmente o quartel de Campo Erê conta com 55 bombeiros militares e comunitários. “Antes da centralização era preciso deixar alguém de plantão no quartel exclusivamente para atender o telefone, agora com as chamadas caindo direto em Xanxerê nosso trabalho está mais rápido e as ocorrências são atendidas com mais eficiência” conta Vantoir Battisti, comandante do corpo de bombeiros de Campo Erê.
 
Como funciona o atendimento?
Ao ligar para o 193 as vítimas precisam repassar algumas informações básicas aos telefonistas, onde ocorreu e qual o tipo e gravidade do acidente. A partir dessas informações o telefonista que está em Xanxerê aciona um botão que soa um alarme sonoro específico, que indica a guarnição qual a categoria do acidente. A guarnição se encaminha para o trem de socorro (ambulância e caminhão de bombeiro). Durante o deslocamento são repassados os detalhes da ocorrência pelo aplicativo FireCast.
 
Os atendimentos ficam mais lentos?
Não. Vantoir afirma que o atendimento é mais rápido e eficiente: “todo o atendimento é agilizado, porque nós recebemos as informações no caminho, não precisamos esperar o telefonista desligar o telefone para receber as informações, as coisas correm simultaneamente”.
Entre os benefícios da centralização estão: maior numero de bombeiros atendendo as ocorrências, melhor tempo resposta às chamadas e melhor qualificação dos telefonistas.
 
As ocorrências em Campo Erê
Nessa época do ano a guarnição atende muitos incêndios florestais, devido à estiagem, inclusive no dia da entrevista o comandante Vantoir informou sobre uma ocorrência de incêndio florestal, cerca de três hectares estavam em chamas próximo à Curva da Santa. Outras ocorrências frequentes envolvem colisões e saídas de pista.

Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »