13/05/2021 às 13h30min - Atualizada em 13/05/2021 às 13h30min

50 dias de aula e nenhum caso de Covid-19 na escola

A escola Libório Romildo Kuhn está completando 50 dias de aulas presencias, nesse tempo foi desenvolvida uma rotina de segurança e nenhum caso de coronavírus foi registrado entre crianças, professores e outros funcionários da escola

Aferir a temperatura é um procedimento padrão em todas as escolas de Palma Sola
Direção do Colégio Libório Romildo Kuhn explica protocolos de segurança que garantiram o não contágio de professores e alunos. Palma Sola iniciou com aulas remotas dia 18 de fevereiro e presenciais dia 23 de março. Na rede estadual as aulas presenciais foram retomadas dia 16 de março. Até o momento não há registro de contágio de Covid-19 entre alunos, professores e funcionários da rede municipal e estadual de educação.
Desde novembro do ano passado a Secretaria de Educação em conjunto com os educadores organizaram os protocolos de segurança para o retorno das aulas presenciais. Rodrigo Gritti, um dos diretores do Libório, conta que foram semanas de planejamento para que fosse possível receber os alunos na escola. “Podemos perceber que todo o trabalho de organizar os protocolos de segurança valeu a pena, estamos indo para o terceiro mês de aula e até agora não foi registado nenhum caso de Covid-19” afirma o diretor.
Gilmara Pedó, também diretora, conta que a parceria com a administração foi essencial na adequação da escola para receber as crianças. “É uma nova realidade, um novo viver, mas é muito gratificante ver a evolução na aprendizagem das crianças”, diz Gilmara. Ela ainda acrescenta que todo o tempo fora da escola comprometeu sim o aprendizado, mas aos poucos o tempo perdido está sendo recuperado. “Certamente nós não estamos trabalhando da maneira ideal, mas é o que podemos fazer” diz ela se referindo as semanas alternadas de aula presencial, situação em que um grupo de alunos frequenta a escola numa semana e outro na semana seguinte.
Por orientação do Estado o município de Palma Sola criou o PLANCON, que é o Plano de Contingência para enfrentamento do Covid-19 para o retorno das aulas. Participaram da elaboração do PLANCON as unidades escolares públicas, APAE, vigilância sanitária, defesa civil, e as secretarias de Educação, Saúde, Administração e Agricultura.
A não proliferação e contágio do Covid-19 entusiasma diretores e professores, assim a Secretaria Municipal de Educação de Palma Sola, planeja a partir da próxima segunda, dia 17, voltar a atender normalmente todas as crianças da pré-escola (4 a 5 anos) e não mais no sistema híbrido.
 
Primeiros dias de aula
Nós primeiros dias professores e direção chegavam mais cedo e abriam toda a escola, deixando-a arejada, os alunos eram acompanhados até as salas e orientados a permanecerem sentados, sem contato físico. Agora os alunos já estão acostumados a essa rotina, eles chegam no portão e fazem fila para aferir a temperatura, sem acompanhamento dos professores vão direto para a sala de aula e se sentam, sem bagunça. “Até hoje não tivemos problemas com alunos transitando dentro e fora das salas” diz Rodrigo.
A garrafa de água foi colocada como material escolar, assim as crianças trazem suas garrafinhas com água de casa, evitando o trânsito de alunos pela escola para ir ao bebedouro. Nas portas das salas existe o tapete higienizador e o dispenser de álcool em gel. Os alunos chegam passam o álcool e se encaminham para os lugres, dentro da sala o professor trabalha normalmente. Quando os alunos menores precisam transitar em fila, seguram uma corda que delimita a distância de 1,5m entre eles.
 
Lanche
O lanche é feito no refeitório, na entrada é passado álcool, em seguida os alunos seguem para a fila, mantendo o distanciamento conforme demarcado pelas linhas vermelhas pintadas no chão. Nas mesas também estão demarcados os lugares onde os alunos podem sentar, assim é mantida uma distância razoável entre eles. “Tivemos um cuidado bem grande com a demarcação dos espaços, para evitar ao máximo o contato físico” diz a diretora Gilmara.
As crianças não tem recreio, são 20 minutos de lanche e após isso eles retornam para a sala de aula.
Hoje o Libório possui 342 alunos matriculados na escola, eles são divididos em grupo A e B, em média são 180 alunos por grupo e por turno. Um grupo frequenta aulas presenciais numa semana e o outro grupo na semana seguinte.
“Temos 11 alunos no ensino 100% remoto. Alguns desse alunos tem familiares com comorbidades, por isto continuam nas aulas remotas. “Posso afirmar que o número de alunos no ensino remoto diminui a cada dia, até agora, aqui no Libório, não tivemos nenhum caso de Covid-19 entre alunos, professores e funcionários, com isso os pais e a comunidade tem confiado cada vez mais na escola, se sentindo seguros para que os filhos frequentem as aulas presenciais”, conclui a diretora Gilmara.


Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »