02/06/2021 às 11h27min - Atualizada em 02/06/2021 às 11h27min

Projeto Rapunzel do Bem

A vereadora Márcia e a professora Neide, coordenam o projeto Rapunzel do Bem no município de Guarujá. O objetivo é arrecadar cabelo para confecção de perucas, que serão entregues às pessoas que fazem tratamento de câncer

Da redação
Divulgação: Nathália tem 9 anos, ela sempre gostou de cabelos compridos, mas ao ouvir sobre o projeto quis cortar e doar. Nathália diz estar feliz em ajudar alguém que precisa
O projeto Rapunzel do Bem tem objetivo de arrecadar cabelos, que são encaminhados para a Associação de Voluntários do CEPON (Centro de Pesquisas Oncológicas), em Florianópolis. Lá eles têm um longo histórico de fabricação de perucas para mulheres e crianças em tratamentos contra o câncer.
O projeto iniciou em Guarujá do Sul quando a vereadora Marcia Fernandes convidou a professora Neide Brandenburg para ser madrinha e coordenadora do Rapunzel do Bem. “Sem saber, liguei para Neide no aniversário de sua filha Ana, que morreu por conta de um câncer” conta Marcia. Neide aceitou ser madrinha do projeto e desde então Ana virou a grande inspiração da Rapunzel do Bem.
O projeto iniciou em fevereiro com o lema: “O cabelo cresce e a solidariedade aparece”. Em abril foi feita a entrega de pouco mais de dez doações. Mais ou menos a mesma quantia será entregue em junho. Marcia conta que muitos dos doadores são crianças de dez a 12 anos: “desde pequenas as crianças fazem a diferença”.
O corte e a doação
Quem deseja doar o cabelo pode escolher a cabeleira de sua preferência. “Nós pagamos o corte ou pessoa pode escolher pagar o corte e ganhar uma camiseta do projeto” explica Marcia. Muitas cabelereiras não cobram o corte quando sabem que é para a Rapunzel do Bem, essa é uma das maneiras de apoiar o projeto. Cabelereiras de São José do Cedro e Princesa já contataram a vereadora para participarem do projeto: “pensamos em expandir o projeto para outros municípios, passar divulgando e convidando as pessoas para participarem da Rapunzel do Bem”.
 
Ana
Ana Luiza Lermen é filha de Neide, ela foi diagnosticada com insuficiência renal em setembro de 2012, após um tratamento de seis meses ela foi encaminhada para um transplante de rim. Dia 13 de fevereiro de 2013 finalmente Ana passou pela cirurgia, com apenas três anos ela recebeu o rim de um menino de dois anos. Tudo ocorreu bem.
Seis anos após a cirurgia Ana foi levada às pressas ao hospital, lá, ela foi diagnosticada com câncer no sistema linfático. Ana iniciou a quimioterapia em agosto de 2018 até fevereiro de 2019. Em 13 de outubro do mesmo ano, Ana sentiu fortes dores e voltou ao hospital, infelizmente o câncer tinha voltado. Ana Luiza faleceu no dia 16 de outubro, quando tinha nove anos. Desde então, Ana foi inspiração para todos aqueles que torciam por sua recuperação.
Os interessados em doar cabelo podem em contato com Marcia pelo telefone (49) 9 9107-7497.

Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »