06/11/2021 às 11h33min - Atualizada em 06/11/2021 às 11h33min

Palma Sola está entre as seis melhores equipes do Brasil

Palma Sola representou Santa Catarina nos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s), o time se classificou entre os seis melhores da chave ouro

Da redação
Divulgação
O time de handebol de Palma Sola representou Santa Catarina nos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s) no Rio de Janeiro, categoria 12 a 14 anos. As meninas, junto com a treinadora, Rosane Dalle Laste, embarcaram para o Rio no dia 28 de outubro e voltaram no dia 6 de novembro.
Os jogos ocorreram em oito chaves, com até quatro equipes. A primeira equipe colocada de cada chave ficava na série ouro, a segunda na série prata, a terceira na série bronze e a quarta colocada na série cobre. Neste ano foi feito diferente, mas no ano que vem os times já saem de casa classificados na série ouro ou prata por exemplo. “Os oito primeiros colocados ficaram na chave ouro, o que é o caso de Santa Catarina. Palma Sola ganhou as duas primeiras rodadas, então ficamos na chave ouro, entre as oito melhores equipes do Brasil. Nas oitavas de final jogamos contra o Pará e perdemos”, explica a professora Rosane.
Palma Sola jogou e venceu o time de Sergipe por 24X4, da Paraíba por 15X3 e de Mato Grosso do Sul por 16X15. As meninas começaram bem, mas infelizmente nas oitavas de final perderam para o estado do Pará, atual campeão brasileiro, por 23X10.
Na sexta-feira, dia 5 elas disputaram o 5º lugar, contra a equipe do Mato Grosso, que saiu vitoriosa. A equipe palmassolense, então, ficou entre as seis melhores do Brasil na chave ouro. 
“Mesmo perdendo, as meninas fizeram um grande jogo dentro do que nos era possível. Equipes como a do Pará, não pararam de treinar nem um mês durante a pandemia. As meninas relataram que continuaram trabalhando, porque visavam estar preparadas para os campeonatos. Enquanto nossa equipe ficou dois anos sem treinar, começamos a treinar em junho, mas mesmo assim nos esforçamos ao máximo. Quero dar meus parabéns as meninas e agradecer a Administração que deu apoio e estrutura dentro do que era possível. Agradeço a Rosa Lara e seu marido que acompanharam e prestigiaram todos os jogos e apoiaram as meninas. E é claro que vamos continuar trabalhando, o handebol vai continuar sempre buscando o melhor”, ressalta Rosane.


Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/jornalsentinela/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »