22/06/2022 às 14h07min - Atualizada em 22/06/2022 às 14h07min

Prevenção de incêndio no inverno

Com a chegada do inverno aumenta o uso de aquecedores, fogões a lenha e lareiras, aumentando o risco de incêndio

Anchieta
da redacao
ASO/Sofia Bertolin
 
A chegada das temperaturas baixas proporciona o aumento no uso de aquecedores, lençóis térmicos, aparelhos de ar condicionado, lareiras, fogão a lenha e outros métodos de aquecimento de ambientes. Se mal utilizados, estes equipamentos aumentam o risco de incêndios. O Corpo de Bombeiros de Anchieta dá orientações para prevenir incêndios residenciais e florestais no inverno.
“Na nossa região, é comum o uso do fogão a lenha, que ajuda muito com o frio, mas precisamos de alguns cuidados. Incêndios acontecem por falta de cuidado ou má conservação dos equipamentos. Com o uso do fogão a lenha pode ocorrer o aquecimento das paredes. As pessoas também esquecem de fechar a porta do fogão e as brasas podem cair. O ideal é deixar o fogão longe de materiais combustíveis, pois mesmo sem fogo, o calor irradiado pode iniciar um incêndio”, explica o cabo Marcos Kraemer.
Outras dicas são instalar o fogão longe do gás, cortinas e móveis. Não deixar roupas sobre o fogão, evitar utilizar madeira tratada quimicamente, não colocar lenha em excesso e não permitir que as crianças alimentem o fogo.
“Sempre deve ser mantida uma entrada de ar, evitando assim, uma morte por intoxicação com monóxido de carbono, fumaça ou asfixia, por conta do consumo do oxigênio”, reforça o bombeiro Marcos.
Em relação à rede elétrica, é importante manter alguns cuidados, como verificar se as instalações elétricas da sua residência seguem os padrões indicados e está dimensionada para o uso. Devemos evitar utilizar o “T”, ou benjamin, e desligar os aparelhos elétricos ao sair de casa, além disso, as gambiarras devem ser evitadas. Se for necessário uma manutenção elétrica, opte por chamar um eletricista.
“No caso de incêndio, nunca jogue água em aparelhos elétricos, no caso de princípio de incêndio deve-se utilizar extintores de CO2. Se não conseguir extinguir o fogo, saia do imóvel e acione os bombeiros pelo 193, outra orientação é desligar a rede elétrica”, ressalta o bombeiro.

Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/KeLgEvaEaYGG5CzyUZbTbL
Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/jornalsentinela/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »