13/07/2016 às 11h05min - Atualizada em 13/07/2016 às 11h05min

SEBRAE/SC e AMEOSC apresentam projeto na área de turismo para o Extremo Oeste

Divulgação

Fortalecer os potenciais turísticos do extremo oeste catarinense é o foco do projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET), que vem sendo realizado há cerca de um ano, pelo Sebrae/SC, em parceria com a Associação dos Municípios do Extremo Oeste Catarinense (Ameosc). A iniciativa está em fase de criação de roteiro dos atrativos a serem trabalhados em cada município e será pré-lançada nesta sexta-feira (15), às 18 horas, no cinema em São Miguel do Oeste.

O evento terá a presença do diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Angelo Ortigara, do diretor financeiro do Sebrae Nacional Vinícius Lages, do coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Martin Trennepohl, do presidente da Ameosc, José Carlos Foiatto, entre outras lideranças políticas e empresariais. 

Ortigara ressalta que o DET é o grande responsável pelas ações de promoção do turismo no extremo oeste catarinense. “Nossa proposta é oferecer soluções integradas, ou seja, trabalhamos em conjunto no sentido de promover as características dos municípios, valorizando o potencial local e regional com ações que fortaleçam o mecanismo de integração. Dessa forma, é possível que o turista prestigie não somente um atrativo, mas que aproveite outros que estão na mesma rota, o que permite o desenvolvimento das oportunidades locais”.

O secretário executivo da Ameosc, Airton Fontana, complementa que o projeto tem importância estratégica porque valorizará as belezas naturais, humanas e econômicas da região que se diferencia das demais regiões do Estado e do País. “As paisagens e estações bem definidas, a agropecuária forte e a questão do relevo com áreas planas, onduladas e montanhosas, estão entre os aspectos que favorecem o turismo. O que faltava era a organização que foi viabilizada entre Sebrae e Ameosc, para que as pessoas conheçam e aproveitem esses potenciais que trarão benefícios, tanto econômicos, quanto na questão da autoestima e valorização regional”.

Neste momento, está em andamento o processo de roteiro dos pontos turísticos que serão potencializados. Dos 19 municípios da Ameosc, pelo menos 14 têm vários atrativos a serem identificados. A previsão é que o projeto esteja concluído em 2017.

O coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Martin Trennepohl, enfatiza que o projeto visa, além de elaborar o  planejamento de desenvolvimento turístico para a região, proporcionar alternativa de renda por meio do desenvolvimento do turismo, oferecer consultorias e sugerir melhorias para as empresas participantes do projeto, propor melhorias na infraestrutura do município e fomentar o empreendedorismo no turismo. “Queremos desenvolver o turismo sustentável, formatando um produto turístico regional: o Roteiro Turístico da Ameosc”, completa Udo.

As ações até o momento incluíram capacitações ministradas pelo consultor credenciado ao Sebrae/SC, Roni Rodrigues de Brito, para discutir os fatores básicos essenciais para o desenvolvimento do setor como a existência de atrativos, a infraestrutura, condições sociais e políticas favoráveis, rede de comercialização de bens e serviços, planejamento adequado, entre outros aspectos. Também foram abordados os impactos sociais como geração de emprego, aumento de renda e mobilidade social, além dos efeitos diretos e indiretos proporcionados pelas ações do projeto. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »