09/10/2020 às 11h40min - Atualizada em 09/10/2020 às 11h40min

Autor de homicídio e tentativa de ocisão se entrega a polícia

A Polícia Civil de Campo Erê, cumpriu um mandado de prisão em desfavor de Márcio Esteves, de 35 anos

Da redação
Nesta quinta-feira, 8, a Polícia Civil de Campo Erê, cumpriu um mandado de prisão em desfavor de Márcio Esteves, de 35 anos, acusado de ter praticado homicídio contra Nadir Pedrinha de Oliveira, de 62 anos, e tentativa de ocisão contra Dorivaldo Pribbnow, de 57 anos, atingido com um tiro no braço. O fato ocorreu no dia 13 de setembro, na Linha São Luiz, interior de Santa Terezinha do Progresso.
Segundo o advogado da vítima, Marcelo Furtado, o depoimento do seu cliente confessa que os envolvidos tiveram uma discussão devido a um desacordo comercial, e que, quando Márcio esteve na casa das vítimas, afim de cobrar um cheque que deveria pagar determinada quantia de animais, foi agredido e ameaçado com uma barra de ferro.
Com o decorrer dos fatos, acabou fazendo os disparos de arma de fogo contra Nadir que não resistiu e morreu no local, e ainda acertando um tiro no braço de Dorivaldo. Segundo a defesa, seu cliente ao ser apresentado na Delegacia de Polícia, foi preso por força de um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça da Comarca.
A investigação está sendo conduzida pelos policiais de Santa Terezinha e depois de ter sido ouvido, na presença do advogado, o acusado foi encaminhado a Unidade Prisional de São José do Cedro, onde permanecerá a disposição da Justiça. Marcelo afirma que vai entrar com liberdade para revogar a prisão do acusado. O advogado defende que Márcio não apresenta nenhum risco para o andamento do processo, bem como para a sociedade.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »