11/11/2020 às 23h28min - Atualizada em 12/11/2020 às 23h28min

Bezerra nasce com rabinho nas costas

Uma vaca da propriedade da família Otto, residente na Linha Café Filho, rendeu comentários nas redes sociais

Carla Sampaio
Da redação
O nascimento de uma bezerra chamou a atenção da família Otto, residente na Linha Café Filho, interior de Anchieta. Uma vaca da propriedade deu à luz e rendeu comentários entre amigos e familiares, inclusive nas redes sociais, já que, o fato inusitado, foi publicado na internet. Na gravação os proprietários do animal apelidaram o “órgão” excedente como rabinho.
No entanto, o médico veterinário Eduardo Dotto, comentou logo após que se tratava de uma anomalia genética, ou seja, uma má formação de pele com alteração do tecido epitelial e não tem inserção com partes ósseas e musculares. Segundo ele, essa má formação não interfere na vida produtiva e reprodutiva do animal. Além disso, provavelmente, não haverá reflexos genéticos, ou seja, gestações futuras com casos idênticos ou semelhantes. As anomalias ocorrem quando parte de um cromossomo é anormal.
Às vezes, parte de um cromossomo ou um cromossomo inteiro se une a outro de maneira incorreta ocasionando a chamada translocação. As anomalias estruturais podem ser divididas em quatro categorias: malformação, ruptura, deformação e displasia. A malformação acontece devido a um defeito intrínseco tecidual que tem origem durante o desenvolvimento dos tecidos ou quando o órgão é afetado, resultando em alterações persistentes.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »