20/04/2021 às 09h05min - Atualizada em 20/04/2021 às 09h05min

Terceiro parto de terneiros gêmeos em propriedade de FSSul

Em julho de 2019 registraram o parto dois machos, em outubro 2020 o parto de um casal e agora dia 9 de abril de 2021 mais um parto de um casal de terneiros gêmeos

Da redação
Divulgação
Pelo terceiro ano consecutivo propriedade da linha Ferreira, interior de Flor da Serra do Sul, registra o nascimento de terneiros gêmeos. A propriedade é do agricultor Pedro Alves da Silva e de sua esposa Cristiani da Costa Silva, que atualmente possuem 16 vacas em lactação, produzindo em média de 18 litros de leite por vaca ao dia. A propriedade conta com inseminação artificial e também cruzamento. A extensão da terra é de 21 hectares, sendo 4 hectares para silagem e 1 hectare para grão úmido, o restante é pastagem definitiva tifton 85, e jiggs. A silagem é as para vacas e terneiros e o grão úmido para tratar os outros animais, (galinha, porco).
Em 2019 registraram o parto dois machos, em 2020 o parto de um casal e agora em 2021 mais um parto de um casal de terneiros. Esse tipo de gestação é considerado uma raridade. A chance de uma vaca ter uma cria de gêmeos de sexos diferentes é de apenas 0,5%. Nesses casos, há a probabilidade de os bezerros apresentarem Freemartismo, uma anomalia congênita que causa problemas de reprodução, segundo relatos da literatura veterinária.
Segundo o dono da propriedade, o parto aconteceu no dia 9 de abril e que ambos os filhotes estão saudáveis. “Isto é realmente uma coisa rara, e acontecer três vezes então. Nunca ouvi falar” diz Pedro, brincando que esta sorte seria muito bem vinda na loteria da Caixa Econômica Federal.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »