12/01/2022 às 08h11min - Atualizada em 12/01/2022 às 08h11min

De hobby a profissão

Desde criança Leandro gostou de desenhar e esculpir como hobby. Com o tempo, esse hobby virou a empresa Letreiro e Desenho, que trabalha com personalização e comunicação visual em madeira

Da redação
Sentinela
Desde pequeno, Leandro Dalavale gostou de desenhar, inclusive no Colégio Estadual Barão do Rio Branco, de Flor da Serra do Sul, ainda existem quadros que ele pintou. Além de desenhos, Leandro esculpia em parafina, pegava figuras de gibis e ampliava, mais tarde ele começou a esculpir em madeira como hobby. Depois de quase 10 anos o hobby se tornou uma empresa, a Letreiro e Desenho, que fica na Chácara Dalavale em Flor Da Serra do Sul.
“Sempre fiz esses desenhos e esculturas como passatempo, até que há uns 9 anos fui convidado para participar da JIJOCA de Salgado Filho pois precisavam de alguém que fizesse uma escultura na mandioca. Aceitei e esculpi uma bíblia e uma vela, vencemos a prova. A partir daí o pessoal começou a conhecer meu trabalho com esculturas em madeira começaram a me pedir encomendas”, explica Leandro. Os quadros esculpidos em madeira levavam até 30 dias para ficarem prontos, pois todos os detalhes eram feitos a mão.
Com o passar do tempo essas encomendas foram aumentando e foi necessário investir em maquinário para poder suprir a demanda. “Foi um processo de 9 anos, entre sair do hobby, empreender e consolidar a empresa Letreiro e Desenho. Hoje devo ter em torno de R$ 180 mil em equipamentos para poder trabalhar e suprir as necessidades dos clientes”, conta Leandro. Hoje além de quadros, ele faz diversas personalizações e impressões a laser em cuias de chimarrão e têrere, térmicas, tábuas de carne, facas, canivetes, letreiros, placas e kit churrasco.
“Na parte de personalização e comunicação visual tem um leque de possibilidades muito grande, posso dizer que trabalho com 20% de todo o mercado que as personalizações podem atender”, acentua Leandro.
Por entender um pouco de internet, Leandro sabia que podia crescer por ali. “Através da internet eu sabia que poderia abranger um mercado bem grande sem a necessidade de ter uma loja física. A pandemia foi quem realmente fortaleceu e consolidou as vendas on-line para minha empresa. Mas eu já via que essa expansão pela internet ia ocorrer há uns 5 anos”, afirma Renan.
A madeira, principal matéria prima, vem do Norte do país. “Trabalho com madeira nobre lá de cima, mas os processos manuais são os mesmos. Claro que muitos processos são feitos 100% na máquina, outros são iniciados na máquina, mas o acabamento é manual”, explica Leandro.
Os desenhos para a parte da comunicação visual são feitos no computador e pela máquina, mas Leandro conta que sempre tem pessoas pedindo por um trabalho todo manual, já que dessa forma a peça sempre será única. “Principalmente o pessoal do judiciário pede peças a mão, pois querem algo único. Já quando o trabalho é para uma empresa, uma personalização de canivete com logo por exemplo, é tudo padronizado. Forneço muitos produtos para lojistas” ressalta Leandro.
Leandro é muito cobrado por não ter loja física, sua empresa fica na Chácara Dalavale, propriedade de sua família, no interior de Flor da Serra do Sul. “Eu falo que pra quem quer começar não há local específico, ter um ponto bom é interessante, mas pela internet os produtos chegam a todos os lugares do Brasil. Podemos fabricar produtos em qualquer lugar, temos o exemplo das doceiras, que fazem seus bolos, doces e vendem em casa mesmo. Então não tenho problema nenhum em ter meu negócio aqui no sítio, me escapei de pagar aluguel por exemplo, vendo pela internet e além disso posso fornecer meus produtos para os lojistas da região”, explica.
Recentemente o trabalho de Leandro chegou às mãos do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), mas ele destaca que não trabalha por política. “Eu presto serviços a todos que solicitam. Muitos me criticaram pelo trabalho estar nas mãos do presidente, mas devemos lembrar que é um produto simples: uma tábua de carne de um empreendedor de Flor da Serra do Sul, um pequeno município do Sudoeste do Paraná, que chegou nas mãos da maior autoridade do país, o nosso presidente Jair Bolsonaro”, ressalta Leandro.


Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/jornalsentinela/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »