06/01/2016 às 10h25min - Atualizada em 06/01/2016 às 10h25min

Homem acusado de homicídio alega legítima defesa em Campo Erê

Divulgação

O acusado pelo assassinato de Sebastião da Silva, de 30 anos, ocorrido no último dia 25 de dezembro, foi preso na tarde de terça-feira (05), em Nova Erechim. À polícia, João Rocumback, de 46 anos, disse que agiu em legítima defesa, ele alega que se defendeu das agressões de Sebastião, depois de a vítima ter danificado seu barraco e ainda tentado lhe agredir com um facão.

Segundo o delegado da Comarca de Campo Erê, Dr. Jhon Endy Lamb, após cometer o crime o acusado teria fugido para São Miguel do Oeste e, posteriormente, ao interior de Nova Erechim, onde foi preso.

Ainda de acordo com o delegado, o acusado ainda teria tentado se evadir no momento da abordagem, mas, foi contido pelos policiais. Ao ser preso, ele que possui várias passagens, disse também que não sabia que Sebastião tinha morrido.

Depois de prestar depoimento, João Rocumback, foi encaminhado para exame de corpo delito e na sequência a UPA de São José do Cedro, onde deverá permanecer a disposição da justiça.

O Crime

Conforme informações da Polícia o crime foi registrado na manhã do último dia 25 de dezembro, no bairro Feliz em Campo Erê. No local a vítima, identificada como Sebastião da Silva, 30 anos, foi encontrada apresentando ferimentos cortantes na região da cabeça.

 Segundo testemunhas a vítima havia sido ferido com golpes de foice, por outro homem de 46 anos, identificado como João Rocumback. Segundo as informações, os dois teriam brigado após a vítima ter apedrejado a casa do agressor, que de posse de uma foice teria destruído o barraco e atingido a vítima na cabeça, que ficou em estado grave.

Sebastião foi atendido no hospital de Campo Erê, e devido a gravidade do caso foi removido para um hospital de Pato Branco/PR, onde dias depois os médicos constataram a morte cerebral.

A confirmação foi dada na tarde do dia 31 de dezembro. De acordo com familiares, depois de constatada a morte cerebral, foi autorizada a retirada dos órgãos. Após passar por perícia no IML de Pato Branco o corpo foi liberado para o funeral. Fonte/Portal Tri


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »