29/07/2020 às 14h44min - Atualizada em 29/07/2020 às 14h44min

Coaching Integral Sistêmico chega a Palma Sola

Após 16 anos trabalhando como vendedora, a palmassolense Luziane Goetz, traz explicações sobre a sua nova área de trabalho, que é novidade para o município

A proposta desse processo diferencia-se um pouco do Coaching tradicional – que é uma ferramenta de desenvolvimento humano que possui validação científica e resultados efetivos – por não ser exclusivamente voltado a melhoria de performance, otimização de processos e aprendizados de novas competências. A busca por esse tipo de acompanhamento profissional cresce de forma significativa no Brasil e no mundo. Ele propõe que uma pessoa tenha todas as suas esferas de vida em equilíbrio. A palmassolense Luziane Goetz Niedermaier, de 36 anos, traz explicações sobre a sua nova área de trabalho.

O que é
Coaching – identifica inicialmente o estado atual do cliente através de uma completa anamnese, depois onde deseja chegar e o que está impedindo esse desenvolvimento. Integral – por trabalhar o hemisfério direito (intuitivo, criativo, emocional, e de crenças) e o esquerdo (racional, lógico intelectual), integrando razão e emoção em prol as metas e objetivos estabelecidos. Sistêmico – por trabalhar as 11 áreas da vida. “Sistêmico também se refere as mudanças positivas e negativas, porque tanto uma quanto a outra influenciará o ambiente onde você está inserido. Desta forma, o Coaching Integral Sistêmico, entende o ser humano como um todo e foca nos seus objetivos, porém não deixa de lado os outros pilares que também precisam de atenção e restauração”, explica.

Mudança de planos
Até ano passado, Luzi era uma das proprietárias da loja Casa Vitória de Palma Sola, onde trabalhou por 16 anos. “Agradeço a Deus por esse tempo, lá conheci muitas pessoas que são importantes pra mim até hoje, foi uma fase boa da minha vida. Eu sempre gostei de estar lá porque eu podia conhecer pessoas e estar com elas. A parte que eu mais gostava era quando elas chegavam e queriam apenas conversar. Foi ai que vi que não estava no lugar certo. Eu demorei pra tomar a decisão de vender a minha parte na loja e eu trabalhei muito isso em mim, pedi muito pra Deus me mostrar o que precisava ser feito, tanto que quando eu decidi não voltei mais atrás”, destaca.
 “Eu precisava viver um período com meus três filhos, e neste tempo me dediquei também ao meu esposo Marcos e aos cuidados da casa. Como sou uma pessoa que quero estar com outras, comecei a trabalhar como consultora da Mary Kay no qual amei conhecer a empresa e continuo até hoje, mais ainda me faltava algo, pois eu ainda não me sentia completa e quando temos esse sentimento algo está errado. Hoje eu entendo que é porque não estamos onde Deus quer que estejamos”, acrescenta enfatizando que em setembro do ano passado passou por uma crise de identidade onde logo buscou uma psicóloga.
 “Há 10 anos passei por depressão, então quando não me sinto bem procuro logo ajuda, e foi falando com minha psicóloga que as coisas começaram a fazer sentido e eu entendi que havia deixado um sonho para trás e quando deixamos de sonhar deixamos de viver. Eu precisava voltar a sonhar. Eu sempre quis fazer psicologia pra justamente poder ajudar vidas, mais tudo tem seu tempo e Deus me preparou de uma forma diferente, me preparou com a vida e com feridas que precisaram cicatrizar para que somente agora eu pudesse ajudar cicatrizar feridas de outras pessoas, que passam pelas mesmas feridas que um dia eu tive”, relata.

Como conheceu o Coaching?
Foi por curiosidade, comecei a pesquisar e gostar. Fui pesquisando várias escolas e sempre pedia pra Deus me apresentar uma que não mudasse meus valores e princípios –Deus, conjugue e filhos são prioridades –, então queria algo que me acrescentasse nesse sentido, e como Deus é Deus me apresentou uma escola com valores e princípios parecidos com os meus. A escola que estou é a Febracis, no qual o presidente é o Dr. Paulo Vieira. Existem vários métodos de Coaching, eu fiz o Coaching Integral Sistêmico. Estou realizada!
 
Fez outros cursos nesse período?
Nesse tempo fiz mais alguns cursos para me ajudar na minha nova missão, que foram o de Oradores e Palestrante – for Money (finanças) – e agora nesse mês farei o de Analista de Perfil Comportamental. Tudo o que você estuda e se é o que você gosta vai provocar uma mudança, no meu caso várias.
 
Pretende expandir a sua atuação nesta área?
Sim, em breve estarei abrindo minha sala. Um sonho sendo realizado. Acredito que essa é minha missão, eu tive a oportunidade de me tornar uma pessoa melhor, então desejo transbordar na vida de outras pessoas, eu tenho muitas coisas pra mudar, e acredito que todos temos, tem uma frase que gosto muito que diz: “porque continuar sendo a mesma pessoa de sempre se podemos ser alguém muito melhor, acredito que como minha vida está sendo transformada a vida de muitos também pode”.
“Insista nos seus sonhos, nunca pare de sonhar, porque não morremos quando o coração deixa de bater e sim quando deixamos nossos sonhos morrerem dentro de nós. Por isso, viva, sonhe, busque e não fique parado esperando as coisas caírem do céu. Ache o sentido para a sua vida, descubra quem é você, e isso fará total sentido. O impossível é pra quem não tem um sonho e não crê que pela fé tudo é capaz”, finaliza.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »