16/12/2020 às 04h30min - Atualizada em 16/12/2020 às 08h30min

Cientistas esclarecem origem dos pterossauros

Da redação
Os cientistas podem ter resolvido um dos mistérios duradouros da paleontologia: as origens dos répteis voadores chamados pterossauros, que comandavam os céus na época em que os dinossauros dominavam a terra. Pesquisadores disseram que um grupo de répteis pouco compreendido do Período Triássico, chamado lagerpetidae, conhecido por alguns esqueletos parciais encontrados nos Estados Unidos, na Argentina, no Brasil e em Madagascar, parece ter sido o precursor evolucionário dos pterossauros.
Os lagerpetídeos, que surgiram pela primeira vez há cerca de 237 milhões de anos, eram geralmente pequenos e podem ter sido comedores de insetos bípedes. Eles não podiam voar. Os pterossauros se tornaram os primeiros vertebrados voadores da Terra, com pássaros e morcegos aparecendo muito mais tarde. Além disso, os mais antigos aparecem nos registros fósseis há cerca de 220 milhões de anos, com anatomias totalmente desenvolvidas para o voo, incluindo asas formadas por uma membrana que se estende dos tornozelos até um quarto dedo excepcionalmente alongado.
Ao estudar fósseis previamente descobertos e recém-desenterrados, usando sofisticada tecnologia de rastreamento e modelagem tridimensional, os pesquisadores identificaram pelo menos 33 características do esqueleto, sugerindo uma ligação evolutiva entre lagerpetídeos e pterossauros. Isso inclui o formato do ouvido interno, caixa craniana e dentes, assim como semelhanças nas patas, pernas, tornozelos e ossos pélvicos. Embora relativamente pequenos, os pterossauros eventualmente alcançaram grandes dimensões, com envergadura de asas chegando a 10,7 metros.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »