09/11/2021 às 10h39min - Atualizada em 09/11/2021 às 10h39min

Creche é fechada após surto de mão-pé-boca

Hoje, a Secretaria de Educação de Palma Sola, por orientação da Vigilância Sanitária, fechou temporariamente a creche do bairro Azaleia

Assessoria
Reprodução
A Secretaria de Educação de Palma Sola, por orientação da Vigilância Sanitária, fechou temporariamente a creche do bairro Azaleia nesta terça-feira. O objetivo é parar a circulação do vírus que causa a síndrome mão-pé-boca, que acometeu ao menos 22 crianças no município. As atividades na creche retornam no dia 16. Então durante sete dias a creche passará por uma desinfecção e, sem a circulação de crianças, tanto a Secretaria de Saúde quanto a Secretaria de Educação, esperam diminuir a circulação do vírus. 
A doença ou síndrome é altamente contagiosa que ocorre mais frequentemente em crianças menores de 5 anos, causando vômito, diarréia, febre e feridas na pele, principalmente ao redor da boca, nos pés e nas mãos.
A Educação pede a colaboração das famílias, para evitar o contato com as demais crianças. “A partir de terça só aceitaremos crianças com atestado do médico que a mesma está liberada a frequentar a creche. Sabemos que toda doença tem um ciclo, por isso muitos acabam achando que a criança está bem e a trazem para a creche, contaminando outros alunos. Gratos pela compreensão”, disse a Secretaria de Educação em nota.

 
Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/jornalsentinela/
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »