03/05/2018 às 09h09min - Atualizada em 03/05/2018 às 09h09min

Empreendedores são reconhecidos

O crescimento de empresas do setor tecnológico, especialmente de softwares, está entre os mais expressivos em todo o país. Seis em cada dez executivos têm dedicado recursos para infraestrutura de tecnologia da informação e softwares justamente como parte das medidas para ganhar produtividade, segundo uma pesquisa da consultoria Deloitte. De 2014 a 2016, as empresas continuaram investindo, em média, 7,6% de suas receitas líquidas em tecnologia. Já o setor público vem se atualizando ano a ano com percentuais de investimento na faixa de 9%, sobre as receitas.

Foi de olho neste mercado que os jovens Alessandro Guimarães, 27 anos, e Rafael Nicolodi, 24 anos, fundaram a empresa Rang Tecnologia e Desenvolvimento de Sistemas. A empresa está prestes a completar 2 anos de atuação no mercado e depois de um investimento de R$ 20 mil via uma programa de microcrédito da Fomento Paraná cresceu mais de 300% em menos de 12 meses.

A empresa desenvolve software para gestão das unidades de saúde, atualmente atende prefeituras do Oeste catarinense e do Norte do Rio Grande do Sul. A exemplo de Palma Sola, Guarujá do Sul, Saltinho entre outros. Iniciou com 2 colaboradores, está com 7 e planeja aumentar nos próximos meses.

Foi através do microcrédito disponibilizado pela Fomento Paraná, através do Banco do Empreendedor que conseguiu recursos para investir na estrutura da empresa, qualificar e contratar novos profissionais e assim atender as demandas de software e tecnologia da informação de Postos de Saúde de diversos municípios.

A Fomento Paraná completou 18 anos em 2017. Desde 2011, com apoio da rede de agentes de crédito, firmou mais de 24 mil contratos, o que representa mais de R$ 236,5 milhões colocados nas mãos de empreendedores da indústria, do comércio e do setor de serviços em todo o estado. Apenas em 2017 foram mais de R$ 56 milhões em contratos de microcrédito.

O case de sucesso da Rang Tecnologia foi um dos 20 relatados no livro “O microcrédito melhorando o ambiente de negócios no Paraná”, lançado pelo Sebrae/PR em parceria com a Fomento Paraná.

Na noite do dia 23 de abril o sulflorense Alessandro Guimarães, junto da sua família, amigos e empresários do município de Flor da Serra do Sul receberam exemplares do livro das mãos da agente de crédito de Flor da Serra do Sul Clarice Dalbosco Wessler, do analista de desenvolvimento da Fomento Paraná Moacir Cardoso. Também prestigiaram o evento o vice-prefeito Alcenir Rimoldi e o presidente do Poder Legislativo Vanderlei Chorna.

Esta publicação é editada anualmente revelando 20 casos de sucesso gerados a partir do microcrédito e do suporte técnico necessário para gerar emprego e renda. 

Confira na edição impressa do Sentinela, que circula nesta semana, a entrevista completa e o hitórico da empresa. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »