22/10/2020 às 15h30min - Atualizada em 22/10/2020 às 15h30min

Indicatto anuncia recontratações

O empresário Alexandre explica que depois de 6 meses praticamente parados pela pandemia, as contratações estão sendo retomas. Indicatto anuncia que até o final de novembro retoma 25 empregos diretos e o planejamento para 2021 é chegar a 70 empregos diretos

Igor Vissotto
Da redação
Em março deste ano a empresa de facção Indicatto, de Palma Sola foi capa do Sentinela por ser uma das primeiras a formalmente demitir quase 30 colaboradores em razão da pandemia do coronavírus. Agora a empresa volta a ser capa deste periódico, mas por motivos contrários: a recontratação do quadro de colaboradores iniciada neste mês de outubro; a previsão de ampliação do quadro, podendo chegar a 70 em até 8 meses; além da comemoração do empresário Alexandre Dias pela resolução da escritura do terreno onde estão construídos seus dois barracões na Área Industrial 1 de Palma Sola, na Rua Francisco Zanotto.
“Publicamente quero agradecer o Claudiomar Crestani, o Nico, que foi quem me abriu as portas de Palma Sola para a instalação da empresa. E agora quero agradecer muito esta Administração do prefeito Kiko Mantelli que resolveu a documentação da escritura deste terreno” explica Alexandre destacando que isto o deixa otimista para implantar novos projetos no município de Palma Sola. “Este tipo de incentivo nos faz acreditar no município, no trabalho. Agora estamos com o projeto de implantar camisa pólo de malha para o ano de 2021. Felizmente o baque da pandemia está passando. Já estamos retomando a empresa, já recontratamos várias pessoas. Minha intenção é chamar todos os colaboradores que estavam conosco e voltar a crescer, não apenas aqui em Palma Sola, mas também em Salgado Filho, onde tenho outra empresa” finaliza o empresário.
Até o final de novembro o quadro de colaboradores da unidade de Palma Sola deve estar praticamente igual aos meses que antecederam a pandemia do coronavírus. Já os planos para 2021 é chegar a 70 empregos diretos para atender as demandas atuais e também aos novos empreendimentos com camisa pólo.
Alexandre se instalou em 2008 no município de Palma Sola após uma licitação de termo de concessão de uso. Este termo era de 10 anos, basicamente exigindo número mínimo de empregos diretos, gerando movimento econômico no município de Palma Sola e assim passando a ser dono do barracão de 640m². “Sempre cumprimos as exigências, normalmente com mais do dobro de empregos que nos eram solicitados. Eu não cheguei em Palma Sola para me aventurar, vim para edificar, crescer junto com a cidade” finaliza Alexandre.
Com o passar dos anos os negócios da camisaria cresceram e foi necessário ampliar a área de trabalho da Indicatto, Alexandre construiu um segundo barracão de 700m² em anexo ao primeiro, construiu um amplo escritório, e hoje esta unidade de Palma Sola sedia as operações das empresa que tem filial em Salgado Filho-PR, além de parceiros terceirizados noutros municípios.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »