27/03/2021 às 09h08min - Atualizada em 27/03/2021 às 09h08min

Covid-19

Coluna de opinião do jornal impresso

Da redação
Estávamos preparando para a edição impressa desta semana uma grande reportagem sobre as histórias por trás dos números da pandemia do coronavírus na nossa região. Entramos em contato com todos os cartórios dos seis municípios de circulação do Sentinela, solicitando dados sobre o número de óbitos de 2018 até agora, e assim saber percentualmente quantas pessoas estão morrendo a mais em razão do Covid-19. Infelizmente nem todos os cartórios responderam, temos casos como o de Campo Erê, onde o marido da única funcionária faleceu, eles estão atolados de trabalho e não conseguiram nos responder a tempo.
Também temos os relatos das famílias que perderam algum ente querido: pai, irmão, filho. Obviamente é uma situação delicada entrevistar famílias que estão em luto, filhos que ficaram órfãos. Peço a compreensão daqueles que entrevistamos nos últimos dias, por ter de adiar esta reportagem para a semana que vem.
 
Agricultura segurando as pontas
Mais uma vez é a classe dos agricultores que segura as pontas na economia de Palma Sola e região. Os restaurantes estão vazios, mas o volume de marmitas feitas para os agricultores não para de subir. São eles que ainda mantem nossas lojas e comércios vendendo o pouco que estão vendendo.
Nos mercados é a mesma coisa, quando sai o pagamento do leite que se vê fluxo de compra. O poder de compra do dinheiro diminui mês a mês e tem muito assalariado fazendo milagre para levar comida para casa e honrar todas as contas.
 
Abre, fecha
As Associações Comerciais, CDLs e entidades representativas das classes empresariais continuam firmes nas mobilizações junto ao Ministério Público, Governo Estadual e Governo Municipal. E tem mais que bater o pé mesmo.
Estamos há mais de um ano com medidas restritivas, já fecharam muito comércio ano passado e este ano. Os números não baixaram, mas tem muito empresário e profissional autônomo com a corda no pescoço.
Sempre digo: Para quem tem o salário garantido no final do mês é fácil mandar fechar as portas!

Por: Igor Vissotto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »