03/09/2020 às 08h24min - Atualizada em 03/09/2020 às 08h24min

Pioneira cedrense completa 103 anos

Colaboração Rádio Integração
Elma Ely Wolfart nasceu em 2 de setembro de 1917. Hoje ela completa 103 anos dos quais 66 foram vividos em São José do Cedro.
Ela supera de longe a expectativa de vida ao nascer dos catarinenses, que é de 79,7 anos, a maior do Brasil, segundo o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.
A pioneira, que nasceu em Poço das Antas, município de Monte Negro, no Rio Grande do Sul, chegou ao Extremo Oeste casada com Alfredo Theobaldo Wolfart.
A primeira parada do casal, que já tinha seis filhos em 1948, foi no atual município de Guaraciaba. Lá trabalhavam na roça e tinham um salão de baile, que também era bar e uma sorveteria.
Depois de seis anos, em 1954, Elma, acompanhada pela família, passou a residir em São José do Cedro. Na Linha São Domingos exploraram a atividade madeireira, através de uma empresa de beneficiamento de madeira, movida a energia elétrica produzida por uma turbina instalada no Rio Cedro. Mais tarde, em 1973, a mulher que estudou até a quarta série com aulas ministradas em alemão, passou a residir na cidade.
Viúva há quase 40 anos, Elma teve seis filhos, três já falecidos. Tem 16 netos, 26 bisnetos e 11 tataranetos. Ela sempre teve vida ativa e devoção à Deus.
Ao completar 103 anos ela recorda as dificuldades e comemora as facilidades da atualidade.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »