07/11/2020 às 10h02min - Atualizada em 07/11/2020 às 10h02min

Minha Alma a procura de mim...

Coluna de opinião do jornal impresso

Larissa Dias
Da redação
Enquanto meu corpo aquecido permanece deitado
Minha Alma estarrecida olha corpos tremendo de frio e solidão habitados pela doença, pelo medo, pelas drogas, pela miséria...
Minha Alma é insossegada e anda a descobrir sofrimentos alheios e fica inconformada com a fome existente em muitos lares a povoar as noites de crianças, adultos... idosos.
Minha Alma é inquieta e viaja na escuridão por entre mansões, casas e favelas e testemunha dores de violências cometidas, sentidas, diminuídas...
Minha Alma é corajosa, deixa meu corpo cansado e saí para se juntar a outras almas a minimizar e acalentar em silêncio, na noite, inúmeros sofrimentos
 
Minha Alma é justiceira
E inconformada se debate diante de impunidades, de maldades, de desigualdades, de dois pesos, duas medidas
 
Minha alma é da paz
Perdida e assustada diante do turbilhão de acontecimentos
Volta pra casa e me envolve
 
Meu corpo, agora consciente a acolhe, a abraça e agradece pois sabe que é a Alma que o mantém vivo, que dá vida e o eleva ao Criador.
A Alma, fonte de vida. Essência do amor!
 
Por Leonita de Souza
Canal do Youtube: canaldaleonita
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »