27/11/2020 às 14h24min - Atualizada em 27/11/2020 às 14h24min

Tanto para aprender

Coluna de opinião do jornal impresso

Da redação
Beto era um menino esperto e ansioso para aprender a ler
Com quatro anos escutava sua avó dizer: “menino para ir à escola, põe na sua cachola, tem que saber o ABC”. Beto nem se importava, pois, sua mãe afirmava: “você aprende, eu aprendi, só que parei de estudar, pois tinha que trabalhar, ajudar a família aqui”
Dizia ainda mais: “gostaria que você fosse estudar, até se formar doutor...
“Você, por sorte, é rapaz, inteligente e capaz, pode também ser professor...”
 
Beto não entendia tudo que sua mãe dizia, nem porque suas tias também não tinham estudado...
Se ele queria tanto ir à escola, porque será, ora bolas, elas não teriam gostado?
Ele não compreendia, que família grande e da roça, com tantos para dar o pão...
Muito se trabalhava e se alguém estudava, seria o filho varão
 
A avó de Beto era pobre, não tinha livros e nem TV, mas nunca titubeava quando ao neto afirmava: “tem que saber o ABC!”
Beto, contava os dias, pois o ABC já sabia, de tanto ficar decorando. Sua mãe até fez e pendurou na parede um ABC bem grande
“Meu filho, nunca esqueça se quiser na vida vencer: aprenda bem direitinho, na ordem que aqui está e, diga sem gaguejar todas as letras, de A a Z!”
 
E chegou o grande dia, na escola foi contente
Sabia que era inteligente e sabia o ABC
Chegar na escola foi fácil embora o ônibus lotado
A alegria era tanta que nem ficou temeroso e veio todo orgulhoso
Conversando com um colega a seu lado
Quando entrou na escola, o coração “saiu” do peito
Por ver naquele momento, o cartaz com o ABC...
Beto respirou bem fundo e sentiu-se parte do mundo
Do mundo do aprender...
 
Mas logo nos primeiros dias...a alegria foi indo embora
E o que tomava conta dele agora era uma enorme aflição
Como saber tantas coisas, ler tantos livros que tem?
Como saber escrever? Como fazer a lição?
Tantas letras, tantos livros na sala, na biblioteca
Tantas letras apresentadas, tantas palavras feitas...
Tantas coisas explicadas...e agora o que vou fazer
 
Era o que Beto pensava: “minha avó é que pensava que bastava o ABC”
Mas que dia feliz, olha o que aconteceu: aprofessora leu para todos mas parecia que foi para o Beto:
“Estas letras que se chama alfabeto e alguns dizem ABC, são mágicas, podem tudo!
Escrevem milhões de palavras...muitos livros...histórias até o infinito
Não precisam se assustar, eu posso assegurar, que vocês vão aprender, juntar, ler e escrever...
E vai dar tudo certo com 26 letras somente
Está toda a história da gente nos livros e também nas falas
E sem arrumar as malas podemos conhecer o mundo!”
 
Por Leonita de Souza
Canal do Youtube: canaldaleonita
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »