05/12/2020 às 10h57min - Atualizada em 05/12/2020 às 10h57min

Criança é assim

Coluna de opinião do jornal impresso

Da redação
Quero cantar em versos um ser belo e envolvente
Tão especial quanto o sol que fornece a luz para a gente
Tão viva quanto as estrelas que brilham no céu contente
Tão bonito quanto as flores que enfeitam nossos jardins
Quem será que é este ser que mexe com a gente assim?
 
Versar para quem nunca cansa
De pular, correr, brincar
Que não consegue entender porque o mandam parar
Se tem tanta energia para receber e pra dar
 
Estou falando de alguém bondoso até o infinito
Que muitas vezes recebe, ofensas, indiferenças e gritos
E ainda assim perdoa com a maior facilidade
Quem machucou sua infância
Imputando-lhe maldade
 
Homenagear quem não cansa de homenagear a gente
Que brinca de se esconder, fazer surpresas, dar presentes 
Que gosta de ouvir histórias, contar causos, fazer graças
E que é graça o tempo todo, mesmo quando faz pirraças
 
Alegria, força e doçura está sempre bem presente
Ternura e muito riso neste ser irreverente
E fagulhas do Divino, que nele é inerente
 
Reconhecer que há vida inspirados na esperança
 Que emana deste ser que chamamos de criança
Fonte de carinho que envolve, que comove e que encanta!
 
Por Leonita de Souza
Canal do Youtube: canaldaleonita
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »