24/05/2022 às 08h29min - Atualizada em 24/05/2022 às 08h29min

Os pequenos gestos de amor

Coluna de opinião do jornal impresso

Quando eu trabalhava no Jornal Sentinela como repórter, fiz várias entrevistas com casais que estavam há décadas juntos. Sempre gostei do tema e poder ouvir eles contando suas histórias era algo que me encantava muito. Na faculdade de Psicologia nós não estudamos praticamente nada sobre amor, relacionamentos amorosos e coisas do tipo, mas eu estudava por fora, pesquisava artigos, lia livros, assistia vídeos. E ao parar para pensar sobre o tema, conversando com algumas amigas, eu me lembrei de uma frase de G. K. Chesterton: “A coisa mais extraordinária do mundo é um homem comum, uma mulher comum e seus filhos comuns”.
Eu penso muito sobre isso, e ao lembrar das histórias e entrevistas que fiz com os casais enquanto era repórter, isso ficou muito claro para mim: não há um grande segredo, não há uma maneira que seja correta, ou a melhor fórmula para preservar o amor e o casamento. A união não vai se construindo em cima das grandes datas, dos grandes eventos ou acontecimentos. O vínculo não se fortalece no dia que você ganha um presente maravilhoso, ou uma declaração de amor incrível. O amor não se constrói de uma forma mágica, magnífica ou mística.
Tudo isso acontece nas pequenas coisas, no dia a dia. A convivência, a paciência, o companheirismo, a admiração e abrir mão dos próprios desejos em prol do outro. Isso sim faz a diferença! O amor e o casamento duradouros se construirão nas pequenas coisas de cada dia que vocês viverem juntos. O amor está presente quando você lembra que sua companheira gosta de comer morangos, e ao passar pelo mercado você pega morangos para ela. O amor está presente quando você sabe que jogar futebol e beber uma com os amigos na quarta-feira é importante para seu companheiro, e você não fica enchendo o saco toda vez que ele faz isso. O amor está presente nos gestos simples, que fazem você olhar para o lado, admirar a pessoa que está com você e se comprometer a fazê-la feliz também.
Cuidem das pequenas coisas e vocês estarão cuidando do amor.

Por: Fran Perondi 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »